Unicef denuncia que 152 milhões de crianças trabalham no mundo

O Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) denunciou nesta quarta-feira (11) que 152 milhões de crianças fazem trabalho infantil no mundo

Unicef denuncia que 152 milhões de crianças trabalham no mundo
Unicef denuncia que 152 milhões de crianças trabalham no mundo
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Prensa Latina - O Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) denunciou nesta quarta-feira (11) que 152 milhões de crianças fazem trabalho infantil no mundo.

Quase metade deles trabalha em condições perigosas ou de exploração, disse a Organização em Colônia, Alemanha, por ocasião do Dia Mundial Contra o Trabalho Infantil, que está sendo comemorado neste 12 de junho.

O tema fará parte dos debates de mais de seis mil delegados de governos, sindicatos e entidades representativas de empregadores, participantes da Conferência Internacional do Trabalho, sediada em Genebra.

De acordo com a Organização Internacional do Trabalho (OIT), a comemoração deste dia examinará os progressos realizados nas campanhas desse órgão da ONU para combater o trabalho infantil.

Christian Schneider, diretor do Unicef ​​na Alemanha, ressaltou a importância do papel dos governos e empresas em todo o mundo, que devem ser responsáveis ​​e evitar o trabalho infantil.

A OIT diz que a maioria dos afetados vive na África (72 milhões), enquanto 62 milhões vivem na Ásia.

O Unicef ​​reconhece que o número de crianças afetadas foi reduzido em quase 100 milhões entre 2000 e 2016, mas nos últimos tempos esse declínio diminuiu.

"Não basta condenar e proibir o trabalho infantil", disse Schneider, que destacou que, para proteger as crianças "efetivamente, elas precisam melhorar suas condições de vida", acrescentando que o acesso à educação é uma ferramenta importante para alcançar esse objetivo.

A Federação Internacional Terre des Hommes, uma organização não-governamental em defesa dos direitos das crianças, aponta que mais de 70% das crianças trabalhadoras fazem isso na agricultura, seguidas do trabalho em minas, pedreiras e serviços domésticos.

O Unicef ​​classifica como trabalho infantil toda atividade para a qual os menores ainda são muito pequenos, o que ocorre em condições perigosas ou exploradoras.

Também obras que geram danos físicos ou psicológicos, bem como atividades que impedem as crianças de irem à escola, são consideradas trabalho infantil pela organização.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247