Uribe é eleito para o Senado na Colômbia

Apesar dos 2 milhões de votos obtidos pelo ex-presidente, presidente Juan Manuel Santos manteve a liderança com 14 milhões de votos para os três partidos que compõem sua base atualmente (Partido de la U, Cambio Radical e Liberal); base governista conquistou 47 vagas para o Senado, que tem ao todo 102 cadeiras

Apesar dos 2 milhões de votos obtidos pelo ex-presidente, presidente Juan Manuel Santos manteve a liderança com 14 milhões de votos para os três partidos que compõem sua base atualmente (Partido de la U, Cambio Radical e Liberal); base governista conquistou 47 vagas para o Senado, que tem ao todo 102 cadeiras
Apesar dos 2 milhões de votos obtidos pelo ex-presidente, presidente Juan Manuel Santos manteve a liderança com 14 milhões de votos para os três partidos que compõem sua base atualmente (Partido de la U, Cambio Radical e Liberal); base governista conquistou 47 vagas para o Senado, que tem ao todo 102 cadeiras (Foto: Roberta Namour)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Da Agência Brasil
Em disputa acirrada, o Partido de la U – atual legenda do presidente Juan Manuel Santos – conseguiu sair à frente do Partido Centro Democrático, do ex-presidente Álvaro Uribe, o segundo partido com melhor desempenho eleitoral nas eleições legislativas para o Senado e a Câmara de Representantes (deputados) na Colômbia. Com 98% dos votos apurados, Uribe foi eleito com mais de 2 milhões de votos para o Senado. Santos manteve a maioria dos votos, com o apoio do Partido de la U, de parte dos conservadores e dos liberais.

Para escolher representantes no Congresso, o eleitor vota em listas fechadas ou abertas, conforme a escolha do partido. O Centro Democrático optou pela lista fechada. O peso político de Álvaro Uribe acabou garantindo ao partido o segundo lugar porque, com a expressiva votação, teve um alto coeficiente eleitoral. A legenda conquistou 19 vagas para o Senado – um quinto do Congresso. Uribe ganhou em 12 dos 32 departamentos colombianos. A eleição teve alta abstenção, superior a 50%. Na Colômbia, o voto não é obrigatório.

O presidente Juan Manuel Santos parabenizou Uribe pela votação alcançada, mas manteve a liderança com 14 milhões de votos para os três partidos que compõem sua base atualmente (Partido de la U, Cambio Radical e Liberal). A base governista conquistou 47 vagas para o senado, que tem ao todo 102 cadeiras.

“Quero felicitar o senador Uribe e seu grupo pelo honroso segundo lugar. Espero que possamos deixar de lado os ódios e rancores e trabalhar pelo país”, destacou Santos, em declarações na noite de ontem (9).

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email