Venezuela está no epicentro da luta geopolítica, diz Maduro

O presidente de Venezuela, Nicolás Maduro, afirmou nesta segunda-feira (19) que o país está no epicentro da luta geopolítica mundial e pediu aos venezuelanos para resistir e vencer

(Foto: Reuters)

Prensa Latina - O presidente de Venezuela, Nicolás Maduro, afirmou nesta segunda-feira (19) que o país está no epicentro da luta geopolítica mundial e pediu aos venezuelanos para resistir e vencer. 

Em uma mensagem publicada em sua conta na rede social Twitter, o mandatário afirmou que '"cedo ou tarde", surgirá na América Latina uma ofensiva contra o capitalismo neoliberal.  

No dia 5 de agosto o presidente estadunidense, Donald Trump, assinou uma nova ordem executiva autorizando o congelamento dos ativos venezuelanos e sanções contra quem realize transações com o Governo bolivariano, a fim de pressionar Maduro e provocar o retrocesso do processo revolucionário.  

Desde então a nação sul-americana encontra-se mergulhada em uma campanha internacional de protestos à qual se somaram movimentos políticos e sociais dos cinco continentes, a fim de denunciar ao mundo as consequências do bloqueio dos Estados Unidos para o povo venezuelano.  

Enquanto as ameaças de Washington sobem de tom, os principais líderes venezuelanos pronunciam-se nas mais diferentes tribunas para revelar as verdadeiras intenções de Trump e reafirmam seu apoio ao presidente constitucional, eleito pela maioria nas urnas.  

De igual forma, através dos programas sociais e produtivos procuram vias para assegurar uma autonomia econômica que lhes permita fazer frente ao bloqueio, enquanto são recolhidas nas praças e parques milhões de assinaturas para repudiar as sanções da Casa Branca diante das Nações Unidas.

Conheça a TV 247

Mais de Mundo

Ao vivo na TV 247 Youtube 247