Venezuela prepara cúpula sobre queda dos preços do petróleo

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, anunciou que está preparando um encontro internacional, com a presença de representantes da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), para discutir a queda dos preços do petróleo; para a Venezuela, o preço justo é US$ 100 o barril. O petróleo venezuelano estava cotado ontem a US$ 70,80 o barril

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, anunciou que está preparando um encontro internacional, com a presença de representantes da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), para discutir a queda dos preços do petróleo; para a Venezuela, o preço justo é US$ 100 o barril. O petróleo venezuelano estava cotado ontem a US$ 70,80 o barril
O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, anunciou que está preparando um encontro internacional, com a presença de representantes da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), para discutir a queda dos preços do petróleo; para a Venezuela, o preço justo é US$ 100 o barril. O petróleo venezuelano estava cotado ontem a US$ 70,80 o barril (Foto: Leonardo Attuch)

Da Agência Lusa

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, anunciou nessa segunda-feira (17) que está preparando um encontro internacional, com a presença de representantes da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), para discutir a queda dos preços do petróleo.

"Estamos coordenando uma reunião especial de países para breve, a fim de tomar decisões em defesa do petróleo, dos preços e do mercado petrolífero mundial", disse Maduro.

Ele falou durante ato transmitido pela televisão estatal venezuelana, mas não deu detalhes sobre a cúpula. Fontes não oficiais dizem que a reunião poderá ocorrer em Caracas no próximo dia 21.

O anúncio foi feito no momento em que o mercado espera saber, até 27 de novembro, se a Opep vai chegar a um acordo para reduzir a produção, medida que busca subir o preço internacional do barril de petróleo, que caiu 30% desde junho último.

O ministro venezuelano das Relações Exteriores, Rafael Ramírez, se reuniu nessa segunda-feira em Moscou com o ministro de Energia da Rússia, Alexander Novak, no âmbito de uma viagem que incluiu o Irã, para debater a situação do mercado petrolífero e a necessidade de avançar com ações para defender os preços do petróleo.

Para a Venezuela, o preço justo é US$ 100 o barril. O petróleo venezuelano estava cotado ontem a US$ 70,80 o barril.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247