Vexame: Brasil é vetado pela ONU na cúpula do clima em Nova York

Brasil não irá discursar na cúpula do clima, que acontece nesta segunda-feira (23), véspera da Assembleia Geral da ONU, em Nova York. Decisão da ONU é reflexo da política de incentivo ao desmatamento promovida pelo governo de Jair Bolsonaro. “O Brasil não apresentou nenhum plano para aumentar o compromisso com o clima”, disse o representante da secretaria-geral da ONU Luis Alfonso de Alba

247 - O Brasil não irá discursar na cúpula do clima da Organização das Nações Unidas (ONU), que acontece nesta segunda-feira (23) em Nova York. Decisão da ONU é reflexo da política ambiental de incentivo ao desmatamento, promovida pelo governo de Jair Bolsonaro. 

Segundo o representante da secretaria-geral da ONU Luis Alfonso de Alba, a ONU pediu que os países enviassem um plano para aumentar compromissos climáticos e, com base nos documentos que receberam, selecionaram quais países teriam discursos inspiradores.

“O Brasil não apresentou nenhum plano para aumentar o compromisso com o clima”, disse o enviado especial da secretaria-geral da ONU à jornalista Ana Carolina Amaral, do blog Ambiência

Estrategicamente agendada para a véspera da Assembleia-Geral da ONU, que começa na terça (25), a cúpula do clima foi convocada pelo secretário-geral da ONU, Antonio Guterres, com objetivo de encorajar a ambição dos países, em uma conversa direta com os chefes de Estado.

As contribuições anunciadas pelos países na assinatura do Acordo de Paris, em 2015, não são suficientes para conter o aumento da temperatura média do planeta abaixo de 2ºC.

Ao vivo na TV 247 Youtube 247