Vice-ministro do petróleo pede demissão do governo Sírio

O engenheiro Abdo Hussameddine o mais alto dirigente a abandonar o regime de Bachar al-Assad e a apoiar a revoluo popular, por "no desejar terminar sua vida a servio de um regime criminoso"

Vice-ministro do petróleo pede demissão do governo Sírio
Vice-ministro do petróleo pede demissão do governo Sírio (Foto: Divulgação)

247 com agências internacionais - O vice-ministro sírio do Petróleo, Abdo Hussameddine, anunciou na madrugada desta quinta-feira que abandonou o governo para se unir à oposição ao regime do presidente Bachar al-Assad.

"Eu, engenheiro Abdo Hussameddine, vice-ministro do Petróleo (...) anuncio minha demissão (...) e me uno à revolução do povo que rejeita a injustiça e a campanha brutal do regime", diz o vice-ministro, o mais alto dirigente a abandonar o regime sírio desde o início da onda de manifestações contra o governo em Damasco, por uma mensagem de vídeo no Youtube.

No vídeo, Abdo Hussameddine critica Rússia e China por não proteger "o povo sírio, mas sim os assassinos" do regime. O vice-ministro lembra que serviu ao governo sírio durante 33 anos e afirma que não deseja terminar sua vida "a serviço de um regime criminoso".

A chefe das operações humanitárias da ONU, Valerie Amos, entrou na tarde desta quarta-feira em Baba Amr, o bairro rebelde da cidade síria de Homs. O comboio humanitário de sete caminhões carregados com suprimentos emergenciais para os habitantes de Baba Amr precisou esperar 5 dias até que uma equipe do humanitária pudesse entrar no bairro.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247