Vizinhos do Brasil oferecem ajuda para combater incêndios, mas Bolsonaro esnoba

Argentina, Chile, Colômbia, Equador e Venezuela ofereceram auxílio para o Brasil, que até agora só anunciou que receberá um avião com equipamentos de Israel, aliado ideológico de Jair Bolsonaro

(Foto: Foto: Agência Brasil)

247 - Mostrando que tem pouco interesse com o fim das queimadas na Amazônia e que pretende politizar o combate aos incêndios o quanto for possível, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) tem ignorado as ofertas de auxílio de países vizinhos ao Brasil.

Argentina, Chile, Colômbia, Equador e Venezuela ofereceram auxílio para conter as chamas em solo brasileiro, acenando com o envio de aviões, brigadistas e especialistas em gestão de desastres, investigação e controle de incêndios florestais, mas Bolsonaro tem ignorado a oferta.

Até agora, ele anunciou que aceitou apenas um avião e equipamentos ofertados por Israel, um de seus principais aliados ideológicos.

Os outros países do continente tem feito a interlocução internacional que Bolsonaro carece em fazer.  O Chile, por exemplo, capitaneou o debate no G-7 e anunciou, ao lado do novo desafeto do mandatário brasieiro, o presidente francês Emmanuel Macron, o fundo de U$ 20 milhões criado pelos países mais ricos do mundo .

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247