Zelensky diz que negociações de paz com a Rússia estão perto do colapso

Presidente ucraniano culpa atrocidades das forças de Vladimir Putin, enquanto Moscou diz que o Ocidente faz de tudo para evitar uma saída negociada do conflito

www.brasil247.com - Volodymyr Zelensky
Volodymyr Zelensky (Foto: Reprodução/Min. Def. Ucrânia)


247 - O presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, se mostrou pessimista quanto a possibilidade de continuação das negociações de paz com a Rússia. Na sexta-feira, 29, o líder disse que há um grande risco de que as consultas diplomáticas sejam encerradas. 

O secretário-geral da ONU, António Guterres, disse durante visita a Kiev na quinta-feira, 28, que havia discussões intensas em andamento para retirar civis da siderúrgica Azovstal, em Mariupol, onde, segundo Moscou, o batalhão neonazi Azov faz escudos humanos com civis. A Ucrânia recusou propostas russas para efetivar um corredor humanitário na planta industrial. 

Zelensky culpou as atrocidades dos russos pela falha de um plano ucraniano de retirar civis de Azovstal. “O povo (ucraniano) quer matá-los (russos). Quando existe esse tipo de atitude, é difícil conversar sobre as coisas”, disse, segundo a agência Interfax, a jornalistas poloneses.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Já o chanceler russo, Sergei Lavrov, acusou países da Otan de bloquear as tentativas de negociação.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

"Nós testemunhamos a manifestação de padrões duplos clássicos e hipocrisia do establishment ocidental no momento. Expressando publicamente apoio ao regime de Kiev, os países da Otan estão fazendo tudo para impedir a conclusão da operação por meio de acordos políticos", disse o ministro russo à agência Xinhua.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Em um sinal de que Washington se prepara para um longo conflito na Ucrânia, o presidente Joe Biden pediu ao Congresso mais US$ 33 bilhões em assistência militar, econômica e humanitária à Ucrânia. 

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email