16 anos de cadeia para ex-governador

Neudo Campos, que governou Roraima, condenado por desvio de dinheiro pblico

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

O ex-governador de Roraima Neudo Campos foi condenado a 16 anos de prisão, em regime fechado, pelo juiz Helder Barreto, da 1ª Vara da Justiça Federal de Roraima. O político é acusado de crimes contra a administração pública e pode recorrer da decisão. Na ação, Neudo foi acusado na Operação Praça do Egito, da Polícia Federal, deflagrada em 2003. A investigação identificou indícios de desvio de R$ 70 milhões dos cofres públicos. O dinheiro era registrado como pagamento para pelo menos 40 funcionários fantasmas.

Campos perdeu as últimas eleições para o governo do Estado, quando foi derrotado por José Anchieta Júnior (PSDB), mas tenta assumir o posto na Justiça assumir o cargo do atual governador, José Anchieta Júnior (PSDB). Anchieta foi cassado pelo Tribunal Regional Eleitoral de Roraima, sob a acusação de usar a rádio Roraima, que pertence ao governo, para fazer propaganda politica. A denúncia contra o uso do órgão de comunicação oficial foi feita pelo rival Neudo Campos, que é investigado em mais de 20 inquéritos e ações penais no Supremo Tribunal Federal (STF).

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email