Agora a disputa é por cliques

No perodo de uma semana, FHC e Lula lanam sites para promover debates; com quem voc prefere discutir?

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Rodolfo Borges_247 – A briga é antiga. Desde 1994, quando disputaram a Presidência da República pela primeira vez, Luiz Inácio Lula da Silva e Fernando Henrique Cardoso (FHC) se firmaram como dois polos opostos na política nacional. Identificado com as classes mais pobres, Lula perdeu duas eleições para FHC, mas, depois de eleito em 2002 e reeleito em 2006, o ex-líder sindical acumulou popularidade e capital político sem igual no país, e o aproveitou para exaltar os próprios méritos e diminuir os do antecessor desde que assumiu a Presidência. A disputa continua a ser travada por meio da imprensa e agora ganhou uma nova plataforma: a internet.

Lula lançou seu site (www.icidadania.org) no dia 15 de julho, dizendo que estava quase “desencarnado” e que as pessoas querem saber o que ele fez no governo. Segundo o ex-presidente, a proposta do portal é permitir a troca de ideias e promover debates. Mesma missão do site www.observadorpolitico.org.br, lançado menos de uma semana depois, no dia 21, por FHC. “É um modo de convidar você, que tem alguma coisa a falar. Quando vocês escuta o outro, você acaba entrando num diálogo e isso te enriquece como pessoa”, diz o ex-presidente no vídeo de apresentação, acrescentando em tom de alfinetada a Lula que "política não é coisa de um partido, de uma instituição, de um líder".

Apesar de ter sido lançado depois, o site de FHC saiu na frente na proposta de promover o debate. Com 24 horas no ar, o Observador Político celebrava a adesão de dois mil usuários, com propostas de debate como “afinal de contas, o que FHC quer?”, “por que o termo neoliberal virou sinônimo de coisa ruim no Brasil” e “o que você pensa sobre o hacker ativismo”, entre outros. O site já conta com colaboradores, como o cientista político Bolívar Lamounier e o consultor Adriano Pires. O Instituto Cidadania se limita, por enquanto, a registrar os eventos frequentados pelo ex-presidente Lula, como a outorga dos títulos de doutor honoris causa pelas universidades federal, federal rural e estadual de Pernambuco e sua visita a Dona Canô, na Bahia.

Lula ainda colhe os louros de sua bem avaliada gestão à frente do Palácio do Planalto - "o governo de maior participação popular da históra das democracias", segundo ele -, e a carta elogiosa da presidente Dilma Rousseff marcou definitivamente o resgate do governo de FHC, desgastado como "herança maldita" pelas críticas de Lula durante os últimos oito anos. E agora que os dois deixaram a Presidência e estão em pé de igualdade, quem prevalece na disputa virtual? Que vença o melhor presidente.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email