Alckmin juntou alta nata de tudo que não presta, diz Bolsonaro

Presidenciável Jair Bolsonaro comentou a união do tucano Geraldo Alckmin com os partidos do Centrão: "Eu quero cumprimentar o Alckmin. Ele juntou a alta nata de tudo que não presta no Brasil ao lado dele", disse; ele explicou que, ao se referir à "alta nata", não quis dizer os parlamentares, mas sim "a nata que define, que decide as situações"

Alckmin juntou alta nata de tudo que não presta, diz Bolsonaro
Alckmin juntou alta nata de tudo que não presta, diz Bolsonaro (Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O deputado federal Jair Bolsonaro (PSL-RJ) comentou a união de Geraldo Alckmin (PSDB) com os partidos do Centrão na campanha presidencial, dando ao tucano o maior tempo de TV entre os pré-candidatos até agora.

"Eu quero cumprimentar o Alckmin. Ele juntou a alta nata de tudo que não presta no Brasil ao lado dele", disse Bolsonaro. O presidenciável pelo PSL explicou que, ao se referir à "alta nata", não quis dizer os parlamentares, mas sim "a nata que define, que decide as situações".

Segundo Bolsonaro, porém, Alckmin "é um general sem tropa porque 40% dos deputados que compõem esses partidos [centrão] têm um compromisso de governabilidade sem o toma lá da cá conosco".

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email