Angolano mediou doação de Cachoeira a Lula

O ex-assessor de Antonio Palocci, Rogrio Buratti, apontou Roberto Kurzweil como intermedirio da suposta doao de R$ 1 milho campanha de Lula em 2002, sob o compromisso de o presidente legalizar os bingos

Angolano mediou doação de Cachoeira a Lula
Angolano mediou doação de Cachoeira a Lula (Foto: Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Ex-assessor e amigo de Antonio Palocci, ex-ministro da Fazenda do governo passado, Rogério Buratti apontou o angolano Roberto Kurzweil como intermediário da suposta doação de R$ 1 milhão à campanha presidencial em 2002, sob o compromisso de o presidente legalizar os bingos. O doador, disse Buratti, foi o bicheiro Carlinhos Cachoeira. A informação é do colunista Claudio Humberto.

"A doação de Cachoeira, que revelou Rogério Buratti à CPI dos Bingos, seria para o caixa dois (“recursos não contabilizados”) da campanha. Na operação Xeque-Mate da PF, até Vavá, irmão de Lula, se enrolou nos bingos de Dario Morelli Filho, compadre preso do ex-presidente."

Incentivador da CPI do Cachoeira, Lula pode virar um dos focos da comissão de inquérito. A oposição quer trazer à tona a revelação feita pelo advogado Rogério Buratti à CPI dos Bingos, em 2005. Ele afirmou que o senhor Waldomiro Diniz, representando José Dirceu, arrecadou R$ 1 milhão de "empresários dos jogos" do Rio e de São Paulo para a campanha de Lula em 2002.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email