Baleia Rossi muda o tom e agora diz que impeachment é "prerrogativa do Parlamento" e "não podemos abrir mão"

Após conceder uma entrevista dizendo que não tinha "nenhum compromisso" com o impeachment de Jair Bolsonaro e ouvir do PT que poderia perder votos com isso, o candidato à presidência da Câmara recuou

(Foto: Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Após conceder uma entrevista dizendo que não tinha "nenhum compromisso" com o impeachment de Jair Bolsonaro e ouvir do PT que poderia perder votos com isso, Baleia Rossi (MDB-SP), candidato à presidência da Câmara dos Deputados voltou atrás e disse hoje (11) que um pedido para tal seria tratado "com muita clareza e objetividade".

“É prerrogativa do Parlamento, e nós não podemos abrir mão de nenhuma prerrogativa”, declarou após reunião com a parte da bancada catarinense na manhã desta segunda-feira, 11, em Florianópolis. 

As informações foram reportadas no Estadão.

A presidente nacional do PT, deputada Gleisi Hoffman (PR), condenou no último domingo (10) a postura de Baleia em relação ao impeachment: "Dar resposta a crimes do Executivo é o item 3.6 do compromisso de Baleia Rossi c/ oposição. Inclui analisar denúncias de crimes do presidente da República, mesmo q ñ haja acordo p/ aprovar impeachment. Ao negar o q tratamos e fechar essa possibilidade, Baleia perderá votos no PT”, disse.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247