Base aliada de Temer quer pedir impeachment de Janot

Aliados de Michel Temer já se articulam para contra-atacar o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, na semana em que ele deve apresentar denúncia contra o peemedebista; a estratégia é usar não políticos para pedir o impeachment de Janot; a base do pedido de impedimento do chefe do Ministério Público seria uma conversa, revelada pela IstoÉ, em que procuradores acusam Janot de perseguir opositores

Janot
Janot (Foto: Giuliana Miranda)

247 - A base aliada de Michel Temer já delineou a estratégia de contra-ataque para a provável denúncia de Rodrigo Janot contra o peemedebista.

A ideia do Planalto é entrar com um pedido de impeachment contra o procurador-geral da República.A peça não chegou ao Senado, mas é discutida por vários atores e seria assinada por não políticos.

A base do pedido de impedimento é a gravação revelada pela IstoÉ de conversa entre dois procuradores na qual Janot é acusado de perseguir opositores, incluindo o senador José Agripino, por apoiarem candidato rival a sua sucessão na PGR.

As informações são da Coluna do Estadão.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247