Bolsonaro admite “inexperiência” em articulações: mudanças não deram certo

O presidente Jair Bolsonaro reconheceu nesta sexta-feira (21) que o governo vinha enfrentando dificuldades na articulação política com o Congresso, mas procurou poupar o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, de críticas. "Quando nós montamos aqui, no primeiro momento, por inexperiência nossa, houve, tivemos algumas mudanças nas funções de cada um que não deram certo", disse

(Foto: Marcos Corrêa - PR)

247 - O presidente Jair Bolsonaro reconheceu nesta sexta-feira (21) que o governo vinha enfrentando dificuldades na articulação política com o Congresso, mas procurou poupar o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, de críticas. 

Nesta semana o chefe do Planalto repassou a articulação política de Onyx para o general Luiz Eduardo Ramos, que ocupa a Secretaria de Governo. O ex-chefe da Casa Civil passou a ser responsável pela coordenação do Plano de Parceria de Investimentos (PPI), programa responsável pelas concessões de infraestrutura e por tocar privatizações.

"Quando nós montamos aqui, no primeiro momento, por inexperiência nossa, houve, tivemos algumas mudanças nas funções de cada um que não deram certo", disse Bolsonaro em entrevista coletiva no Planalto. "Então, em grande parte, retornamos ao que era feito em governo anterior".

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247