Bolsonaro aparece de surpresa no STF para acompanhar sessão de despedida de Toffoli na presidência (vídeo)

Bolsonaro foi acompanhado pelos ministros Fernando Azevedo e Silva, José Levi e Jorge Oliveira e chegou no momento em que Alexandre de Moraes elogiava a atuação de Toffoli no inquérito das fake news

Toffoli passa pano para Bolsonaro.
Toffoli passa pano para Bolsonaro. (Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Jair Bolsonaro chegou de surpresa ao plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) nesta quarta-feira (9) por volta das 17h para acompanhar o final da última sessão da Corte presidida pelo ministro Dias Toffoli. Nesta quinta-feira (10), o ministro Luiz Fux assume a cadeira.

Bolsonaro foi acompanhado dos ministros da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, da AGU, José Levi, e da Secretaria-Geral da Presidência, Jorge Oliveira.

No momento em que Bolsonaro e ministros chegavam ao plenário, o ministro Alexandre de Moraes elogiava Toffoli e sua atuação diante do inquérito das fake news. "Vossa excelência teve a coragem de defender esse tribunal, tomando medidas que foram criticadas e depois elogiadas, como quase todas as grandes medidas e inovações que são realizadas. Vossa excelência preferiu fazer o correto mesmo que criticado fosse".

Toffoli chegou a convidar Bolsonaro para se sentar ao seu lado no plenário do Supremo, cadeira ocupada por autoridades em sessões solenes do tribunal.

Apesar das sessões estarem ocorrendo remotamente, alguns ministros, além do ainda presidente do STF, decidiram participar presencialmente.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email