Bolsonaro ataca PSOL e o vincula ao crime organizado

"MP 885, que agiliza a venda de bens apreendidos do tráfico de drogas e permite o uso dos recursos no combate ao crime organizado, aprovada na Câmara, com obstrução do PSOL", escreveu Jair Bolsonaro no Twitter

(Foto: ADRIANO MACHADO - REUTERS)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Jair Bolsonaro (PSL) atacou o PSOL ao vincular o partido à aprovação da Medida Provisória n° 885 na Câmara dos Deputados, que agiliza o repasse aos estados da venda de bens apreendidos do tráfico de drogas. De acordo com o ocupante do Planalto, a sigla obstruiu a votação do que ele diz ser "um combate ao crime organizado" e celebrou a "derrota do crime".

"MP 885, que agiliza a venda de bens apreendidos do tráfico de drogas e permite o uso dos recursos no combate ao crime organizado, aprovada na Câmara, com obstrução do PSOL. Vitória do Brasil! Derrota do crime!", escreveu Bolsonaro no Twitter.

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) também atacou a legenda. "PSOL obstrui votação da MP que prevê confisco de bens de traficante. Para o PSOL a propriedade privada do traficante deve ser sagrada né", disse.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247