Bolsonaro defende que professor seja gravado e critica Enem

Ao ser questionado se concorda com a sugestão da deputada estadual eleita Ana Caroline Campagnolo (PSL-SC), o presidente eleito, Jair Bolsonaro, disse que os professores devem se "orgulhar" e não ficar preocupados, caso algum aluno decida gravar as aulas. "Professor tem que se orgulhar e não ficar preocupado. Mau professor é o que se preocupa com isso aí", disse; Bolsonaro também criticou o Enem; "Uma questão de prova que entra na dialética, na linguagem secreta de travesti, não tem nada a ver, não mede conhecimento nenhum"

www.brasil247.com - Bolsonaro defende que professor seja gravado e critica Enem
Bolsonaro defende que professor seja gravado e critica Enem


247 - O presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), voltou a defender nesta segunda-feira, 5, que professores tenham aulas gravadas por alunos, para que eles sejam denunciados por supostas "doutrinação" ideológica. 

Ao ser questionado se concorda com a sugestão da deputada estadual eleita em Santa Catarina pelo PSL Ana Caroline Campagnolo, Bolsonaro disse que os professores devem se "orgulhar" e não ficar preocupados, caso algum aluno decida gravar as aulas. "Professor tem que se orgulhar e não ficar preocupado. Mau professor é o que se preocupa com isso aí", disse ele.

Em vídeo de 2016 divulgado em suas redes sociais, Jair Bolsonaro já havia defendido que alunos filmassem professores em sala de aula. "Vamos filmar o que acontece nas salas de aula e vamos divulgar. Os seus pais, os adultos honems de bem têm o direito de saber o que esses professores, entre aspas, ficam fazendo com vocês em sala de aula", disse Bolsonaro (leia mais).

Bolsonaro criticou uma questão da prova que tratava sobre linguagem utilizada por gays e travestis e disse que sua gestão no Ministério da Educação "não tratará de assuntos dessa forma". "Uma questão de prova que entra na dialética, na linguagem secreta de travesti, não tem nada a ver, não mede conhecimento nenhum. A não ser obrigar para que no futuro a garotada se interesse mais por esse assunto. Temos que fazer com que o Enem cobre conhecimentos úteis", disse o capitão reformado. 

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email