Bolsonaro demite general Santos Cruz

General Carlos Alberto dos Santos Cruz deixará o ministério da Secretaria Geral da Presidência; durante sua permanência no Planalto, o militar foi alvo constante de críticas dos filhos do presidente e do ideólogo Olavo de Carvalho, alimentando um embate entre a ala militar e os olavistas

Bolsonaro demite general Santos Cruz
Bolsonaro demite general Santos Cruz (Foto: REUTERS/Thomas Mukoya)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - O general Carlos Alberto dos Santos Cruz foi demitido pelo presidente Jair Bolsonaro e deixará o ministério da Secretaria Geral da Presidência do governo. O militar foi comunicado de sua saída em reunião nesta quinta-feira 12, em que estavam, além do presidente, os ministros da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, e do Gabinete de Segurança Institucional, Augusto Heleno.

Segundo O Globo, a decisão foi atribuída a uma "falta de alinhamento político-ideológico" e embates com outros integrantes do próprio governo.

Durante sua permanência no Planalto, o militar foi alvo constante de críticas dos filhos do presidente e do ideólogo Olavo de Carvalho, alimentando um embate entre a ala militar e os olavistas.

Santos Cruz chegou a defender os militares após críticas feitas por Olavo ao grupo, em especial ao vice-presidente, Hamilton Mourão. "Não leio Olavo de Carvalho. Acho ele 1 desocupado esquizofrênico", afirmou em maio, após um tuíte de Olavo em que afirma que Santos Cruz "fofoca e difama pelas costas".

PUBLICIDADE

Outro embate recente foi o que envolveu a propaganda do Banco do Brasil que exaltava a diversidade, com diversos atores negros. No final de abril, a Secretaria de Governo desautorizou uma ordem da Secretaria de Comunicação da Presidência (Secom) para que todo o material de propaganda da administração pública, incluindo o das estatais, passasse por análise prévia da pasta. A ordem veio um dia após Bolsonaro mandar suspender a publicidade do BB, o que contraria a lei das estatais.

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email