Bolsonaro diz que pode anunciar novo PGR hoje e que não será alguem que "atrapalhe"

Jair Bolsonaro afirmou no final da manhã desta quinta-feira que "talvez decida hoje à tarde" o escolhido para comandar a PGR no lugar de Raquel Dodge. Ele adiantou que não será será uma pessoa "que atrapalhe".

(Foto: Marcos Corrêa/PR)

247 - Jair Bolsonaro afirmou no final da manhã desta quinta-feira (5) que "talvez decida hoje à tarde" o escolhido para comandar a Procuradoria Geral da República no lugar de Raquel Dodge. Ele adiantou que não será será uma pessoa "que atrapalhe". 

"Todos (os candidatos) que conversaram comigo levaram tiro. Mas vou pegar uma pessoa que entendo, como conversado, que ela tenha numa das mãos a bandeira do Brasil e, na outra, a Constituição Federal. Não podemos ter uma pessoa radical na questão ambiental que aja de uma forma xiita. Não podemos ter uma pessoa que atrapalhe o ministro Tarcísio (Freitas, da Infraestrutura), quando quer rasgar uma estrada. Tem problemas que vem do Ministério Público", disse Bolsonaro no lançamento do Programa Nacional das Escolas Cívico-Militares, em Brasília.

A expectativa dos aliados do presidente é de que ele aponte o subprocurador-geral da República Vladimir Aras para o cargo. Eles já tiveram uma série de encontros e podem ter uma nova audiência ao longo do dia no Planalto. Esse possível encontro não é confirmado pela assessoria de imprensa da Presidência da República, informa o portal R7.

Nos bastidores, no entanto, ministros que auxiliam o presidente no processo de escolha afirmam que o martelo não está batido. Aras atacou com violência Raquel Dodge em entrevista ao jornal O Estado de S.Paulo na manhã desta quinta, num estilo que lembra o de Bolsonaro. “É um triste fim de gestão que mostra a importância de os presidentes da República escolherem bem os Procuradores-Gerais”, disse

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247