“Bolsonaro está liberando a agressão a jornalistas”, diz Paulo Moreira Leite

“A proposta da extrema-direita é dar porrada na boca da imprensa. Bolsonaro libera agressão aos jornalistas e sempre ameaça os profissionais que incomodam”, afirmou o jornalista Paulo Moreira Leite, após Jair Bolsonaro atacar um jornalista e dizer que “queria cobri-lo de porrada"

Paulo Moreira Leite, Jair Bolsonaro e Daniel Gullino
Paulo Moreira Leite, Jair Bolsonaro e Daniel Gullino (Foto: Brasil 247 | PR | Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O jornalista Paulo Moreira Leite, em participação no programa Bom dia 247 desta segunda-feira (24), afirmou que “a "proposta da extrema-direita é dar porrada na boca da imprensa” . O jornalista refere-se aos novos ataques de Jair Bolsonaro contra a imprensa. Ao ser perguntado por um repórter do jornal O Globo sobre os depósitos recebidos pela primeira-dama, Michelle Bolsonaro, do ex-assessor Fabrício Queiroz, Bolsonaro disparou: "A vontade que eu tenho é de encher sua boca de porrada".

 “Essa violência está na formação genética de Bolsonaro. Ele libera a agressão aos jornalistas e sempre ameaça os profissionais que incomodam ele”, acrescentou o jornalista. 

Em sua visão, apesar das graves ações cometidas por Bolsonaro, figuras como o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), “montam um colchão de proteção para inviabilizar seu impeachment”. 

Moreira Leite ressaltou que a ameaça de Bolsonaro encerra as expectativas de quem ainda defende o líder de extremista como um democrata. 

Inscreva-se na TV 247 e confira: 

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247