Bolsonaro fala sobre Suzano, sete horas após tragédia

"Presto minhas condolências aos familiares das vítimas do desumano atentado ocorrido hoje na Escola Professor Raul Brasil, em Suzano, São Paulo. Uma monstruosidade e covardia sem tamanho. Que Deus conforte o coração de todos!", postou o presidente, que horas antes, com jornalistas, havia anunciado um projeto para flexibilizar o porte de armas

Bolsonaro fala sobre Suzano, sete horas após tragédia
Bolsonaro fala sobre Suzano, sete horas após tragédia (Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil)

247 - O presidente Jair Bolsonaro prestou suas condolências aos familiares das vítimas da tragédia de Suzano, região metropolitana de São Paulo, onde dois jovens entraram armados numa escola e mataram oito pessoas. Os dois se suicidaram após os assassinatos. A postagem de Bolsonaro no Twitter foi feita oito horas após a tragédia.

"Presto minhas condolências aos familiares das vítimas do desumano atentado ocorrido hoje na Escola Professor Raul Brasil, em Suzano, São Paulo. Uma monstruosidade e covardia sem tamanho. Que Deus conforte o coração de todos!", postou o presidente. Horas antes, em um encontro com jornalistas, ele anunciou que apresentará ao Congresso um projeto para flexibilizar o porte de armas.

Seu filho Flávio Bolsonaro publicou uma mensagem com o mesmo propósito sete minutos antes de Bolsonaro, destacando o fato de o atirador ser menor de idade e afirmando que a tragédia "atesta o fracasso do malfadado do estatuto do desarmamento, ainda em vigor".

  

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247