Bolsonaro faz nova defesa de André Mendonça para o Supremo

O presidente da CCJ e ex-presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), tem resistido a pautar a indicação de André Mendonça para a vaga do STF aberta com a aposentadoria do ministro Marco Aurélio Mello

André Mendonça e Jair Bolsonaro
André Mendonça e Jair Bolsonaro (Foto: ABr)
Siga o Brasil 247 no Google News

Reuters - O presidente Jair Bolsonaro defendeu nesta quarta-feira (13) novamente seu compromisso de ter um ministro evangélico no Supremo Tribunal Federal (STF) e fez um elogio público a seu indicado, André Mendonça, que há três meses espera ter seu nome sabatinado pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado.

"Se Eldorado tem um presidente, se Deus quiser, brevemente Miracatu terá um ministro do Supremo Tribunal Federal", disse.

"À família de Miracatu, à família de André Mendonça, meus cumprimentos para este homem extremamente competente, capaz e inteligente, e dentro do meu compromisso de ter um evangélico para o Supremo Tribunal Federal",, emendou ele, durante cerimônia de entrega de títulos de terra a famílias assentadas em São Paulo.

PUBLICIDADE

O presidente da CCJ e ex-presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), tem resistido a pautar a indicação de André Mendonça para a vaga do STF aberta com a aposentadoria do ministro Marco Aurélio Mello.

MISSÃO

No discurso, Bolsonaro disse que vai cumprir a sua missão na Presidência até o último dia do mandato e, sem citar a que estava se referindo diretamente, criticou tentativa de tirá-lo do cargo.

PUBLICIDADE

"Não será uma ação mentirosa, sem fundamentação, que vai me tirar de lá", afirmou.

Bolsonaro é alvo de investigações do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e do STF.

O presidente voltou a culpar o que chama de política do "fique em casa" pela inflação no país.

PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email