Bolsonaro não tem capacidade de liderar o país para 58% dos brasileiros, diz Datafolha

A pesquisa mostra ainda que 50% dos brasileiros dizem nunca confiar nas declarações de Bolsonaro. São 34% os que afirmam acreditar às vezes. Só 14% respondem que sempre confiam no mandatário

(Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Jair Bolsonaro não tem capacidade de liderar o país segundo 58% dos brasileiros, de acordo com pesquisa Datafolha divulgada neste domingo (16), pela Folha de S.Paulo.

O levantamento aponta que 38% da população diz acreditar que Bolsonaro tem condições de comandar a nação, com base no que ele fez e está fazendo pelo país. Outrs 4% responderam não saber.

A pesquisa mostra ainda que 50% dos brasileiros dizem nunca confiar nas declarações de Bolsonaro. São 34% os que afirmam acreditar às vezes. Só 14% respondem que sempre confiam no mandatário.

A taxa de confiança plena é a menor desde o início da série histórica, em agosto de 2019. A desconfiança total é a maior do período.

A pesquisa foi feita na terça (11) e quarta-feira (12) com 2.071 entrevistados de forma presencial em 146 municípios espalhados por todo o Brasil. A margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos.

Em março, o Datafolha mostrou que a taxa de brasileiros que nunca confiam nas declarações do chefe do Executivo estava em 45% (era de 41% em janeiro).

A fatia dos que sempre acreditam vem em queda: era de 19% em janeiro e de 18% em março. Os que confiam às vezes caíram de 38% para 35%.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email