Bolsonaro pode pegar até 19 anos de prisão se for condenado pelo STF

Ministro Celso de Mello abriu inquérito para apurar acusações de Sérgio Moro contra Jair Bolsonaro, que, segundo o procurador Augusto Aras, pode ter cometido seis crimes, dentre eles obstrução judicial, corrupção passiva privilegiada e falsidade ideológica. Caso seja condenado à pena máxima em todos os crimes, Bolsonaro pode ficar até 19 anos e três meses preso

(Foto: STF | Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Jair Bolsonaro pode pegar até 19 anos e três meses de prisão se for condenado pelo Supremo Tribunal Federal (STF), após o ministro Celso de Mello autorizar a abertura de um inquérito com o objetivo de apurar as acusações do ex-ministro da Justiça Sérgio Moro de que Bolsonaro queria interferir na Polícia Federal. A informação é da coluna de Guilherme Amado

A decisão de Mello atendeu a um pedido do procurador-geral da República, Augusto Aras, que citou seis possíveis crimes de Bolsonaro: obstrução judicial,  corrupção passiva privilegiada, falsidade ideológica, prevaricação, coação no curso do processo e advocacia administrativa.

Caso seja condenado à pena máxima em todos esses crimes, Bolsonaro pode ficar até 19 anos e três meses preso.

As acusações contra ele foram feitas por Sérgio Moro na última sexta-feira (24), depois que Bolsonaro exonerou Maurício Valeixo da Diretoria-Geral da PF, subordinada ao ministério da Justiça. Se a acusação for comprovada, seria crime de responsabilidade. "O presidente me relatou que queria ter uma indicação pessoal dele para ter informações pessoais. E isso não é função da PF", disse.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247