Bolsonaro prega guerra e diz que não será Jairzinho paz e amor

Frustrado com a realização do segundo turno, depois de considerar sua vitória no primeiro líquida e certa, Bolsonaro deixou claro na manhã desta segunda que o clima eleitoral será de guerra; "Olha só, eu não posso virar o 'Jairzinho Paz e Amor' e me violentar. Eu tenho que continuar sendo a mesma pessoa. É lógico que a gente usa sinônimos, de vez em quando eu falava palavrões, eu não falo mais", disse Bolsonaro a uma rádio de extrema-direita

Bolsonaro prega guerra e diz que não será Jairzinho paz e amor
Bolsonaro prega guerra e diz que não será Jairzinho paz e amor (Foto: REUTERS/Paulo Whitaker)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Reuters - O candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, afirmou nesta segunda-feira (8) que não pode se transformar em "Jairzinho paz e amor" para tentar angariar mais votos no segundo turno da disputa pelo Palácio do Planalto, dizendo que vai se manter fiel a seus posicionamentos conservadores.

"Olha só, eu não posso virar o 'Jairzinho Paz e Amor' e me violentar. Eu tenho que continuar sendo a mesma pessoa. É lógico que a gente usa sinônimos, de vez em quando eu falava palavrões, eu não falo mais", disse Bolsonaro em entrevista à rádio Jovem Pan, um dia após ter recebido 46 por cento dos votos no primeiro turno da eleição presidencial.

Bolsonaro afirmou, ainda, que está em negociações com parlamentares de diferentes partidos para montar uma base de apoio a seu eventual governo, uma vez que, segundo ele, não seria possível governar apenas com os parlamentares eleitos de sua própria legenda.

O candidato do PSL vai enfrentar no segundo turno o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad (PT), que recebeu 29 por cento dos votos no primeiro turno da disputa presidencial, no domingo.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247