Bolsonaro supera Temer em liberação de emendas parlamentares em troca de apoio

Com o discurso de que não faz o “toma lá, da cá”, Bolsonaro mostra que suas posições não condizem com a prática. Ele liberou um valor recorde de emendas parlamentares em seu primeiro ano de mandato e desembolsou R$ 5,7 bilhões em 2019

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Com o discurso de que não pratica o “toma lá, da cá” – liberação de verbas em troca de apoio parlamentar,  Bolsonaro desembolsou R$ 5,7 bilhões em 2019, valor acima dos R$ 5,29 bilhões que haviam sido pagos por Temer em 2018 em emendas parlamentares, como aponta reportagem do jornal Estado de S.Paulo. 

Com o discurso de que não pratica o “toma lá, da cá” – liberação de verbas em troca de apoio parlamentar – Bolsonaro praticamente manteve o ritmo de pagamentos que marcou governos anteriores e usou uma prática comum na política brasileira: acelerou a liberação de dinheiro quando precisou de apoio dos parlamentares, acrescenta a reportagem. 

O principal exemplo foi a aprovação da reforma da Previdência, em julho, que irá sacrificar a vida de milhares de trabalhadores.  Os R$ 3,04 bilhões empenhados naquele mês – a primeira etapa da liberação de emenda – só não superaram o mês de dezembro, quando líderes partidários deram um ultimato: ou o governo pagava o que foi prometido nas negociações deste ano ou o Congresso não aprovaria mais nenhum projeto do Executivo,

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo APOIA.se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247