Bolsonaro usa o Alvorada para reunião de campanha e diz a aliados: 'falei demais muitas vezes'

Bolsonaro pediu empenho de governadores e deputados federais que o apoiaram no primeiro turno e se desculpou por ter ofendido muitas pessoas “de forma não intencional”

www.brasil247.com -
(Foto: Reprodução/Facebook)


247 - Jair Bolsonaro (PL) usou o Palácio da Alvorada para transformar o apoio que recebeu de governadores reeleitos e de deputados federais no primeiro turno em um ato de campanha. Em tom eleitoral, o atual ocupante do Palácio do Planalto pediu empenho dos presentes no segundo turno da campanha presidencial e também se desculpou por ter falado “demais” nos últimos anos e por ter ofendido muitas pessoas “de forma não intencional”. 

"Temos uma guerra marcada, dia 30 [de outubro]. Temos que conversar com o pessoal de chão de fábrica, as pessoas mais humildes", disse Bolsonaro nesta quinta-feira (6), de acordo com o G1. A afirmação faz referência ao segundo turno das eleições, que será realizado no dia 30 deste mês. 

De acordo com pesquisa Ipec divulgada na quarta-feira (5), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) registra 55% dos votos válidos, contra 45% de Jair Bolsonaro. Nos votos totais, Lula teve 51% e Bolsonaro, 43%. Brancos e nulos somaram 4% e não souberam responder, 2%.

"Com todo o respeito ao Legislativo, quem decide na ponta da linha, sozinho, muitas vezes é o chefe do Executivo – é o prefeito, o governador, é o presidente. As decisões não são fáceis. E trago comigo um ensinamento militar: 'pior do que uma decisão mal tomada é uma indecisão'. Nós nunca nos omitimos, mesmo com o desgaste. Falei demais muitas vezes, reconheço, ofendi algumas pessoas de forma não intencional, me desculpem, mas é o calor de uma luta da vida contra a morte, no caso da pandemia",  ressaltou Bolsonaro em um outro trecho do discurso. 

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista: 

 

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247