Boulos diz que Bolsonaro "é um genocida" e "o custo" de sua presidência "é imenso para o Brasil"

Para o pré-candidato à Prefeitura de São Paulo, Jair Bolsonaro só "não saiu até agora" porque "comprou uma parcela do Centrão"

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Usando o mesmo termo do ministro do STF Gilmar Mendes, que causou bastante polêmica há duas semanas, o pré-candidato à Prefeitura de São Paulo pelo PSOL, Guilherme Boulos, disse que Jair Bolsonaro "é um genocida" e que "o custo" de sua presidência "é imenso para o Brasil".

"Bolsonaro cometeu crimes eleitorais, processo que nós entramos no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) pela cassação da chapa, cometeu crimes de responsabilidade, existem razões jurídicas e políticas mais que suficientes para tirá-lo. Nós estamos com 80 mil mortos (por covid-19), o cara vai fazer um culto à cloroquina contaminado por coronavírus. Esse cara é um genocida, não tem outra palavra para dizer isso", declarou o líder do MTST, em entrevista ao UOL.

Para Boulos, "Bolsonaro tem que sair", mas "não saiu até agora" porque "comprou uma parcela do Centrão e conseguiu ter a fidelidade de uma parte dos partidos na Câmara que impedem a aprovação de um processo de impeachment".

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247