CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Poder

Candidato em São Gonçalo nega ter presenciado distribuição de brindes em ONG

"Nenhuma pessoa ligada a Konder teve participação nos brindes", afirma a assessoria de imprensa de Adolpho Konder; pela lei eleitoral, doação de presentes por candidatos é ilegal

Candidato em São Gonçalo nega ter presenciado distribuição de brindes em ONG (Foto: Edição/247)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

Rio 247 – Em resposta a reportagem do 247 sobre participação do candidato a prefeito de São Gonçalo Adolpho Konder na festa da ONG Idade Feliz, a assessoria de imprensa do político manifestou que ele não participou de distribuição de brindes e enviou nota oficial a respeito. Ao primeiro questionamento de 247, um dos assessores apenas disse "eu não me lembro que ele tenha participado de festa com brindes". Mais tarde, o comitê do candidato tratou de dar uma resposta mais elaborada.

"Ele foi convidado pela ONG para falar sobre seu projeto de governo para a terceira idade. Depois da exposição, ele respondeu as perguntas do público e foi embora", explicou  a assessoria. "Em nenhum momento ele ou a equipe dele estão com os brindes. Nenhuma pessoa ligada a ele teve participação nisso", garante. A assessoria disse ainda que "Adolfo não compactua com esse tipo de prática. Em 18 anos de vida pública, tem pautado sua conduta pela ética e a transparência". Durante a festa do dia 8 de agosto, algumas pessoas receberam belos embrulhos.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

A assessoria de Adolpho afirmou que ele não estava presente neste momento. Acrescentou que os presentes dados pela assessora municipal Suely Amaral foram confeccionados pelos próprios idosos em homenagem aos organizadores da festa (aqui).

De acordo com a lei 9.504/97,  é proibido aos comitês de candidaturas a autorização de distribuição de presentes em eventos com a participação do postulante a cargo eletivo.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

O evento foi organizado pelo ex-subsecretário de Desenvolvimento municipal e atual candidato a vereador Pastor Vicenildo. Cerca de 170 pessoas estiveram presentes.

Confira, na íntegra, a resposta da assessoria:

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Em relação à reportagem sobre a visita de Adolfo Konder à ONG Idade Feliz, no dia 8 de agosto, o candidato esclarece o seguinte:

1.  A reportagem do Brasil 247 parte de uma premissa equivocada: a de que teria havido distribuição de brindes com fins eleitorais, durante visita de Adolfo Konder à entidade.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

2.  O candidato foi convidado pela direção da ONG a falar sobre projetos para a terceira idade.

3.  Adolfo apresentou suas propostas de governo, respondeu perguntas do público e deixou o local.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

4.   Em momento nenhum o candidato participou de distribuição de brindes ou presentes durante o evento.

5.   Adolfo não compactua com esse tipo de prática. Em 18 anos de vida pública, tem pautado sua conduta pela ética e a transparência.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

6.  A ONG é mantida com recursos privados e não tem convênio com a Prefeitura de São Gonçalo.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO