Carlos foi o pivô da briga entre Jair Bolsonaro e Valdemar Costa Neto

Assim que o ato de filiação foi marcado, Carluxo passou a monitorar a reação da base política da família nas redes

www.brasil247.com - Carlos Bolsonaro
Carlos Bolsonaro (Foto: Divulgação/Câmara Municipal do Rio de Janeiro)


Revista Fórum - O vereador Carlos Bolsonaro passou a última semana enviando diariamente ao pai, o presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido), relatórios da repercussão negativa na base em relação ao anúncio de filiação à legenda dirigida por Valdemar Costa Neto, presidente do PL. As informações levaram Bolsonaro a suspender o evento de sua filiação ao PL, que estava marcada para este domingo (14).

Assim que o ato de filiação foi marcado, Carluxo passou a monitorar a reação da base política da família nas redes e repassou a Bolsonaro as críticas devido à condenação de Valdemar Costa Neto no processo do mensalão e sua antiga proximidade com o PT, entre outras críticas.

Após a confusão da última madrugada, nenhum deles se arrisca agora a garantir que essa filiação de Bolsonaro e seu grupo no PL realmente vá acontecer. Ao mesmo tempo, uma mudança brusca nesse anúncio pode realmente tirar o PL da base de apoio do presidente em breve e rachar a bancada, de acordo com informações da coluna de Juliana Dal Piva no UOL.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Leia a íntegra na Fórum

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email