Carlos Bolsonaro não deve tentar reeleição à Câmara de Vereadores do Rio

Vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ) não deverá concorrer à reeleição pela Câmara de Vereadores do Rio de Janeiro nas eleições do próximo ano. Intenção do parlamentar, que foi acusado na CPI das fake news de disseminar notícias falsas contra adversários do governo, é assumir de vez o controle das redes sociais do pai, Jair Bolsonaro

247 - O vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ) não deverá concorrer à reeleição, no que seria o seu sexto mandato à Câmara de Vereadores do Rio de Janeiro, nas eleições municipais do próximo ano. Segundo reportagem do blog do jornalista Guilherme Amado, a intenção do parlamentar é assumir de vez o controle das redes sociais do pai, Jair Bolsonaro, sem ser alvo de críticas. 

Na última quarta-feira (4), Carlos foi acusado pela deputada federal e ex-líder do governo na Câmara, Joice Hasselmann (PSL-SP), de coordenar o chamado “gabinete do ódio”, responsável pela disseminação de fake news contra adversários do governo nas redes sociais. 

Na acusação feita em depoimento prestado à CPI das fake news, Joice também afirmou que a produção das notícias falsas gasta cerca de R$ 500 mil mensais, valor que seria custeado com recursos públicos.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247