Casa Civil passa pente fino em escolhido para o Dnocs

Depois dos ltimos escndalos envolvendo o rgo, governo quer prudncia e varredura minuciosa na ficha de Emerson Fernandes Daniel Jr, indicado pelo PMDB. Lder do partido se irrita com a demora e pede ajuda ao vice-presidente

Casa Civil passa pente fino em escolhido para o Dnocs
Casa Civil passa pente fino em escolhido para o Dnocs (Foto: José Cruz/Agência Brasil_Divulgação)

247 – A Casa Civil ainda não nomeou o indicado do líder do PMDB, Henrique Eduardo Alves (RN), para a direção-geral do Departamento Nacional de Obras contra as Secas (Dnocs). Depois dos últimos escândalos envolvendo o órgão, todo cuidado é pouco. O governo está com a lupa na mão para investigar Emerson Fernandes Daniel Jr antes da nomeação. Ele presidiu a Cia Docas do Rio Grande do Norte e hoje é um dos gerentes da Codern, órgão de planejamento do governo potiguar.

Henrique Alves pediu ajuda ao vice-presidente Michel Temer para cobrar a nomeação.

O antigo diretor do Dnocs, Elias Fernandes, indicado de Henrique Alves, foi demitido sob denúncias de supostos desvios de R$ 300 milhões. O relatório da CGU, concluído em dezembro de 2011, revelou uma sucessão de pagamentos superfaturados, contratos com preços superestimados e "inércia" da direção do órgão para sanar irregularidades que prosperaram ao longo da última década. A CGU também apontou "concentração significativa" de convênios para ações preventivas de Defesa Civil no Rio Grande do Norte, estado do diretor-geral do Dnocs.

Dilma enfrentou o PMDB e exigiu a saída de Fernandes. Por determinação da presidente, a ministra Gleisi Hoffmann (Casa Civil) só libera nomeações após varredura minuciosa na ficha do indicado. (Com informações de Claudio Humberto)

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247