Ciro se vê como favorito em 2018

“Essa eleição está para mim. Parece jactância, mas não é”, disse o político nesta quinta-feira (10) em entrevista ao canal “ultrajano”, apresentado pelo jornalista José Trajano, no YouTube

30/03/2016 - PORTO ALEGRE, RS, BRASIL - entrevista com Ciro Gomes. Foto: Guilherme Santos/Sul21
30/03/2016 - PORTO ALEGRE, RS, BRASIL - entrevista com Ciro Gomes. Foto: Guilherme Santos/Sul21 (Foto: Leonardo Attuch)

247 – O ex-ministro Ciro Gomes, pré-candidato à sucessão presidencial pelo PDT, acredita ser o favorito na corrida presidencial de 2018.

“Essa eleição está para mim. Parece jactância, mas não é”, disse o político nesta quinta-feira (10) em entrevista ao canal “ultrajano”, apresentado pelo jornalista José Trajano, no YouTube.

“Essa eleição está para mim, porque as pessoas, na hora de votar, vão precisar de respostas concretas para os problemas. Vão precisar de experiência anterior. Porque isso é a negação da tragédia que Dilma [Rousseff, ex-presidente] e Temer [Michel, atual presidente] produziram, é o trend.”

Ciro não poupou críticas à presidente deposta Dilma Rousseff.

“Quem vai administrar o país, um cara que nunca administrou uma bodega?”, provocou. Segundo ele, a “experiência trágica de Dilma [Rousseff]”, que governou o país sem ter assumido anteriormente um cargo no Executivo, é uma desvantagem para Bolsonaro, que atua como deputado federal desde 1991, mas nunca foi prefeito ou governador.

Ao vivo na TV 247 Youtube 247