CNT/MDA: 72% rejeitam Eduardo Bolsonaro como embaixador

A pesquisa realizada pela CNT/MDA demonstrou que 72,7% dos entrevistados consideram inadequada a postura de Jair Bolsonaro de indicar um de seus filhos, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), à Embaixada dos Estados Unidos. Outro dado aponta que somente 9,5% dos entrevistados acreditam que Bolsonaro está cumprindo totalmente suas promessas de campanha

(Foto: Paola De Orte/Agência Brasil)

247 - A pesquisa realizada pela CNT/MDA, divulgada nesta segunda-feira (26), demonstrou que 72,7% dos entrevistados consideram inadequada a postura de Jair Bolsonaro de indicar um de seus filhos, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), à Embaixada dos Estados Unidos.

O levantamento é massacrante para o governo. Segundo os dados, a aprovação pessoal de Bolsonaro recuou de 57,5% para 41%, e a desaprovação foi de 28,2% para 53,7% entre fevereiro e agosto. 

A avaliação negativa do governo Jair Bolsonaro aumentou de 19% em fevereiro para 39,5% este mês. A avaliação positiva caiu de 38,9% para 29,4% no mesmo período de tempo (veja aqui).

De acordo com o levantamento, somente 9,5% dos entrevistados acreditam que Bolsonaro está cumprindo totalmente suas promessas de campanha, enquanto 45,4% afirmam que ele está cumprindo em partes. Outros 40% dizem que o ocupante do Planalto não está cumprindo suas promessas e 5,1% não souberam ou não responderam.

Foram entrevistados 2.002 eleitores entre os dias 22 e 25 de agosto em 137 municípios em 25 unidades da Federação. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais com 95% de nível de confiança.

Conheça a TV 247

Mais de Poder

Ao vivo na TV 247 Youtube 247