Com fiasco de Bolsonaro, Carlos se mostra paranóico em relação a Mourão

Com o governo Jair Bolsonaro patinando, sem uma base parlamentar forte e sem nada para mostrar em três meses, o vereador Carlos Bolsonaro (PSL) atacou diretamente o vice-presidente, Hamilton Mourão, acusando o militar de tramar contra o pai; Carlos usou um convite feito a Mourão para dar uma palestra nos EUA para justificar o ataque; "Tradução 'do que parece ser' convite ao vice presidente para palestra nos EUA e convidados - se não visse não acreditaria que aceitou com tais termos ", postou nas redes sociais

Com fiasco de Bolsonaro, Carlos se mostra paranóico em relação a Mourão
Com fiasco de Bolsonaro, Carlos se mostra paranóico em relação a Mourão

247 - Passados apenas dois dias após compartilhar um vídeo do astrólogo Olavo de Carvalho, guru de Jair Bolsonaro, com críticas aos militares que integram o governo, o vereador Carlos Bolsonaro, filho do presidente, atacou diretamente o vice-presidente, Hamilton Mourão. "Tradução 'do que parece ser' convite ao vice presidente para palestra nos EUA e convidados-se não visse não acreditaria que aceitou com tais termos (que pode ser conferido no próprio site da empresa) / já que desta vez não se trata de curtida vamos ver como alguns irão reclamar", postou Carlos Bolsonaro no Twitter.

A postagem refere-se ao convite recebido pelo general Hamilton Mourão para dar uma palestra no Brazil Institute do Wilson Center, realizada no último dia 9 em Washington, que ressalta que os primeiros 100 dias do governo Jair Bolsonaro foram marcados por uma "paralisia política", resultante de ações do próprio presidente e de seu círculo de colaboradores mais próximos.

O convite destaca, ainda, que Mourão seria a "voz da razão e moderação", o que destoa dos constantes ataques feitos por Bolsonaro a adversários, bem como em relação à política internacional, além de destacar que o vice-presidente possui "importantes observações sobre a necessidade de o governo valorizar a diversidade de opiniões".

Postagem vem na esteira de uma curtida de Mourão a uma postagem da jornalista Rachel Sherehazade em que ela o elogiava e tecia críticas ao presidente, A curtida acabou por irritar o vice-líder do governo na Câmara, deputado Marco Feliciano, que impetrou um pedido de impeachment do vice alegando que ele estaria tramando contra o presidente.

As cíticas ao protagonismo de Mourão, porém, começaram ainda na campanha eleitoral. Após Bolsonaro ser esfaqueado durante um ato de campanha em Minas Gerais, Mourão tentou ocupar o espaço e e participar dos debates, o que resultou em duras criticas por parte dos colaborares mais próximos do presidente.

O contraponto feito pelo vice em relação a pontos polêmicos do governo, como na questão da transferência da embaixada do Brasil em Israel de Tel Aviv para Jerusalém, bem como a defesa dos interesses econômicos do Brasil junto aos países árabes também irritaram o clã Bolsonaro e o astrólogo Olavo de Carvalho, guru do presidente, que já defende o impeachment do vice. (Leia no Brasil 247)

Confira a postagem de Carlos Bolsonaro sobre o assunto.  

 

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247