Com Haddad, Lula testa o seu dedo divino

Na televisão, ex-presidente argumenta que, assim como soube escolher Dilma Rousseff para sucedê-lo, também faz  a escolha correta no caso de Fernando Haddad para a prefeitura de São Paulo. A duvida é: os paulistanos, que têm erguido trincheiras contra o PT, seguirão  o guia?

Com Haddad, Lula testa o seu dedo divino
Com Haddad, Lula testa o seu dedo divino (Foto: Montagem/247)

247 – O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva definiu a fórmula de apresentação de seu candidato, Fernando Haddad, na disputa municipal em São Paulo. É a estratégia do dedo divino, como no afresco “A criação de Adão”, pintado por Michelangelo Buonarotti. Assim como Dilma Rousseff foi tocada pela escolha sábia do mestre Lula, o mesmo ocorreria com Haddad, em São Paulo.

“Dois anos atrás, eu pedi ao povo brasileiro para votar na Dilma. Pouca gente conhecia ela, mas confiou em mim. Hoje, mais do que nunca, o Brasil sabe que votou na pessoa certa. Com a mesma convicção, eu peço agora que vote em Fernando Haddad para prefeito”, foi a mensagem gravada por Lula, que será exibida no primeiro programa eleitoral do candidato petista, nesta quarta-feira.

Haddad, por ora, não contará com gravações de Dilma Rousseff. Poderá usar apenas imagens ao lado dela, do tempo em que foi ministro da Educação. Com 8% na última pesquisa Datafolha, e ainda desconhecido por grande parte do eleitorado, ele precisará de muito vento a favor para alcançar Celso Russomano e José Serra, que têm 31% e 27%, respectivamente.

 

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247