Com medo de perder o PSDB, Temer marca reunião com Alckmin

Receoso de que os tucanos abandonem a base governista no Congresso, Michel Temer pediu ao governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, um encontro nesta sexta-feira 2, que deve acontecer à noite, segundo a jornalista Andréia Sadi; integrantes do PSDB vão se reunir na próxima segunda-feira 5 para decidir se rompem ou não com o governo federal

alckmin
temer
alckmin temer (Foto: Gisele Federicce)

247 - Com medo de que o PSDB abandone sua base governista no Congresso Nacional, Michel Temer pediu ao governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), uma reunião, que deve acontecer na noite desta sexta-feira 2, segundo a jornalista Andréia Sadi.

Na agenda oficial do Planalto, Temer viaja para São Paulo às 17h e não tem previsão de retorno. O peemedebista já vinha sendo aconselhado a procurar Alckmin e o prefeito João Doria para tentar acalmar a debandada de uma ala tucana.

Integrantes do PSDB vão se reunir na próxima segunda-feira 5 para decidir se rompem ou não com o governo federal. Um número significativo de integrantes do partido já avaliam que, se não abandonarem o barco à deriva que se tornou o governo de Temer, vão acabar afundando junto com ele.

O movimento é liderado pelos "cabeças pretas", como são chamados os jovens tucanos. Um dos principais defensores do abandono de Temer é o deputado Daniel Coelho (PE). Carlos Sampaio (SP) também já defendeu a saída da base.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247