Contrariedade de médico pessoal irrita Dilma

Segundo Laudo Jardim, do Radar Online, da Veja, presidente não gostou da declaração de Roberto Kalil contra a contratação de profissionais estrangeiros para atuar na área de Saúde no Brasil. Ministro Aloizio Mercadante também rebateu: "A crítica é sempre bem-vinda. Agora, evidente que eu não vou ter no interior do semiárido nordestino, ou no meio da Amazônia, a mesma estrutura do Sírio-Libanês, onde ele trabalha. Não terá, nem hoje nem amanhã"

Contrariedade de médico pessoal irrita Dilma
Contrariedade de médico pessoal irrita Dilma

247 – A presidente Dilma Rousseff não gostou em nada da declaração de Roberto Kalil, médico particular, contra a contratação de profissionais estrangeiros para atuar na área de Saúde no Brasil. Segundo informações de Lauro Jardim, do Radar Online, da Veja, a petista ficou muito irritada e não escondeu sua contrariedade diante dos mais próximos.

O ministro da Educaçã, Aloizio Mercadante, também rebateu a crítica de Kalil, que disse que "não adianta jogar os médicos [num hospital] se não houver estrutura".

"A crítica é sempre bem-vinda. Agora, evidente que eu não vou ter no interior do semiárido nordestino, ou no meio da Amazônia, a mesma estrutura do [hospital] Sírio-Libanês, onde ele [Kalil] trabalha. Não terá, nem hoje nem amanhã", disse o ministro em entrevista à Folha, ao defender que formandos em medicina tenham de trabalhar dois anos no Sistema Único de Saúde.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247