‘Corremos o risco de não ter uma oposição democrática para 2022’, diz Dirceu

“Esse governo vai levar o Brasil a uma tragédia. Nosso problema é virar essa página. Precisamos de uma revolução social”, afirmou o ex-ministro. Assista na TV 247

José Dirceu e manifestação 'Fora Bolsonaro'
José Dirceu e manifestação 'Fora Bolsonaro' (Foto: Lula Marques | Mídia NINJA)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ex-ministro José Dirceu, em participação no programa Pauta Brasil, retransmitido pela TV 247, afirmou que o governo Jair Bolsonaro tenta “desmontar o Estado nacional” e que é preciso diálogo entre as lideranças, inclusive aquelas de direita e centro, para frear o processo de destruição do Brasil.

Para ele, “o que vivemos é a tentativa de romper o fio da história”, para desmantelar o Estado nacional que tem sido construído nos últimos 70 anos. “Esse governo vai levar o Brasil a uma tragédia. Temos instrumentos de desenvolvimento e poupança que eles querem acabar. Nosso problema é virar essa página. Precisamos de uma revolução social”.

Como caminho para a resolução do problema, Dirceu pediu mais diálogo entre as lideranças políticas, inclusive as de direita e centro. “Vamos viver um momento que é inconcebível que as lideranças, inclusive as que não são de esquerda, não conversem. Corremos o risco de não ter uma oposição democrática”.

Sobre o PT, o ex-ministro afirmou que “o partido precisa mudar”. “Precisamos voltar para o bairro, praticar solidariedade”.

Em comemoração aos 41 anos do PT celebrados na última semana, Dirceu disse que a legenda tem base e tem força para atrair um grande campo de democratas para lutar contra o precipício para o qual o país caminha com Bolsonaro. Ele ainda se dirigiu aos milhares de militantes do PT, homenageando os que constroem o partido todos os dias: “é hora de uma radical revolução no partido, com milhões de pessoas participando”.

O Pauta Brasil, programa da Fundação Perseu Abramo, recebe especialistas, lideranças políticas e gestores públicos para discutir os grandes temas da conjuntura política brasileira. Os debates são realizados às segundas, quartas e sextas-feiras, sempre às 17h, e transmitidos ao vivo pela TV 247.

Inscreva-se na TV 247, seja membro e compartilhe:

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email