Cresce a pressão sobre Ciro, após federação pró-Lula e entrada de Moro no jogo

Dentro do PDT, já há vários questionamentos sobre a viabilidade da candidatura presidencial de Ciro Gomes

www.brasil247.com -
(Foto: Reprodução/CNN)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 – A consolidação de uma federação de partidos em torno da candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a entrada do ex-juiz suspeito Sergio Moro no jogo político aumentaram a pressão contra a candidatura de Ciro Gomes, dentro do próprio PDT. É o que informam os jornalistas João Valadares e Murillo Camarotto, no Valor Econômico.  "A estagnação de Ciro Gomes (PDT) nas pesquisas eleitorais para a corrida presidencial de 2022, a entrada do ex-juiz Sergio Moro (Podemos) na disputa e a possível criação de uma federação incluindo PT e PSB acentuaram os questionamentos internos sobre a viabilidade da pré-candidatura do político cearense. Aliados já falam em traição por parte de alguns correligionários e apostam até numa eventual desistência do pedetista", escrevem os repórteres políticos.

"Segundo um influente deputado do partido, há lideranças que vão atrelar seu nome a outros candidatos nos Estados, se o PDT persistir na candidatura própria. Este deputado avalia que uma parte da legenda começou a acreditar que Ciro caminha para o isolamento. Defensor ferrenho do projeto de Ciro Gomes para o país, o parlamentar diz que alguns colegas de partido já têm conversado sobre a ideia de desistência", prosseguem.

O deputado federal Túlio Gadêlha (PDT-PE), que está de saída do partido, contou que muitos colegas estão desestimulados diante do suposto encolhimento eleitoral de Ciro Gomes. “Em determinado momento, era interessante para os deputados dialogar com os eleitores de Ciro, que representavam de 13% a 15%. Hoje, é menos da metade disso. Isso passa a ser um limitador eleitoral para os deputados”, avalia.

PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email