Crivella: Dilma apoia os pobres, que dão dízimos

"A nossa presidenta e o presidente Lula fizeram a gente crescer porque apoiaram os pobres. E o que nos sustenta são dízimos e ofertas de pessoas simples e humildes", disse o ministro da Pesca, Marcelo Crivella (PRB), em mensagem reforçada mais de uma vez durante evento da Convenção Nacional das Assembleias de Deus, em São Paulo

Crivella: Dilma apoia os pobres, que dão dízimos
Crivella: Dilma apoia os pobres, que dão dízimos
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Ministro da Pesca e bispo licenciado da Igreja Universal, Marcelo Crivella (PRB) disse nesta sexta-feira 22 foi bem claro ao se dirigir a um grupo de cerca de 3 mil pastores evangélicos nesta sexta-feira: eles devem "aplaudir" o governo da presidente Dilma Rousseff, porque as políticas públicas voltadas para os mais pobre permitem maior arrecadação do dízimo. "A nossa presidenta e o presidente Lula fizeram a gente crescer porque apoiaram os pobres. E o que nos sustenta são dízimos e ofertas de pessoas simples e humildes", disse.

Os comentários foram feitos durante evento da Convenção Nacional das Assembleias de Deus - Ministério Madureira, em São Paulo. "Com a presidenta Dilma, os juros baixaram. Quem paga juros é pobre. Com menos juros, mais dízimo e mais oferta", completou Crivella, que estava pelo ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gilberto Carvalho, representante de Dilma no evento.

Durante sua intervenção, o ministro da Pesca reforçou a mensagem. "A presidenta Dilma disse: não vamos mais explorar o povo. E quando sobra mais dinheiro, o povo evangélico não é o povo que vai para a butique pra comprar roupa de marca. Sabe o que o povo faz? Ele vai mais na igreja, porque tem condições de pagar o metrô e o trem. Ele dá mais oferta, mais dízimo, faz mais caridade. Então nós temos que aplaudir a presidenta Dilma", explicou.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email