CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Poder

Cunha chama manobra de 'evolução' pela reforma

"Política é como nuvem, não dá para adivinhar. Pena que a gente não conseguiu mudar algo do sistema eleitoral, mas foi uma grande evolução hoje com a aprovação do fim da reeleição", disse o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB), sobre a mudança no comportamento dos deputados que permitiu a aprovação de doações de empresas a partidos; sobre a aprovação do fim da reeleição, ele disse que "hoje está consciente de que é melhor para o Brasil"

Brasília- DF- Brasil- 27/05/2015- Presidente da Câmara, dep. Eduardo Cunha (PMDB-RJ) concede entrevista coletiva à imprensa. Foto: J.Batista/ Câmara dos Deputados (Foto: Roberta Namour)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 – O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB), comemorou a aprovação do financiamento privado para partidos e o fim da reeleição. Após duas derrotas no dia anterior, ele afirma que a mudança no comportamento dos deputados ocorreu depois da conscientização de que era preciso aprovar alguma coisa da reforma:

"Política é como nuvem, não dá para adivinhar. Pena que a gente não conseguiu mudar algo do sistema eleitoral, mas foi uma grande evolução hoje com a aprovação do fim da reeleição", disse. A manobra de Cunha foi contestada por alguns parlamentares na Câmara.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

O peemedebista também saudou a aprovação do fim da reeleição para os cargos de prefeito, governador e presidente da República: "Eu refleti muito. Já tive momentos com uma posição favorável e momentos com uma posição desfavorável, mas hoje estou consciente de que é melhor para o Brasil o fim da reeleição", disse.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO