Cúpula do partido de Bolsonaro é alvo da operação da PF

O publicitário Sérgio Lima e o empresário Luís Felipe Belmonte são dois dos alvos de uma operação da PF para investigar quem está por trás de atos pró-golpe no País. Os dois são articuladores fundamentais do partido Aliança pelo Brasil, sendo Belmonte o principal financiador da sigla

www.brasil247.com - Luís Felipe Belmonte, Sérgio Lima e Jair Bolsonaro
Luís Felipe Belmonte, Sérgio Lima e Jair Bolsonaro (Foto: Reprodução | ABr | PR)


247 - A Polícia Federal deflagrou na manhã desta terça-feira (16) uma operação para cumprir mandados de busca e apreensão contra o publicitário Sérgio Lima e o empresário Luís Felipe Belmonte, suplente do senador Izalci Lucas (PSDB-DF). Os dois são ligados ao Aliança pelo Brasil, partido que Jair Bolsonaro pretende criar. A ação da PF foi autorizada pelo ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Moraes, para investigar as pessoas que estão por trás de atos pró-golpe no Brasil. 

Dentre os alvos está o deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ), que quebrou a placada da ex-vereadora Marielle Franco (PSOL), assassinada pelo crime organizado em 2018. 

Outro alvo é o blogueiro Allan dos Santos, do portal bolsonarista “Terça Livre”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Alberto Silva, blogueiro ligado a Bolsonaro e que atua no canal "Giro de Notícias", também é investigado.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

São 21 mandados, e os alvos estão em São Paulo, no Rio de Janeiro, em Brasília, em Minas Gerais, no Maranhão e em Santa Catarina.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email