Damous: Fux precisa vir a público esclarecer episódio escabroso

Ex-presidente da OAB-RJ, o ex-deputado federal Wadih Damous destaca que Deltan Dallagnol "tinha informação privilegiada sobre decisão de um ministro do STF, Luiz Fux, que precisa vir a público esclarecer mais esse episódio escabroso". "E a pergunta que não quer calar: por que Dallagnol ainda não foi afastado?", indaga ainda

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Ex-presidente da OAB-RJ, o ex-deputado federal Wadih Damous cobra um posicionamento do ministro do Supremo Tribunal Federal Luiz Fux após a divulgação do áudio do procurador Deltan Dallagnol pelo site The Intercept. 

Damous destaca que Dallagnol "tinha informação privilegiada sobre decisão de um ministro do STF, Luiz Fux" e cobra que o magistado "precisa vir a público esclarecer mais esse episódio escabroso". "E a pergunta que não quer calar: por que Dallagnol ainda não foi afastado?", indaga ainda.

No áudio, Dallagnol celebra uma decisão de Fux que ainda não havia sido divulgada para ninguém e pede segredo aos colegas. Fux impediu, em setembro de 2018, que o ex-presidente Lula concedesse uma entrevista à jornalista Mônica Bergamo durante a campanha presidencial, para o procurador "uma notícia boa depois de tantas coisas ruins". 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247