David Miranda propõe impeachment de Bolsonaro: violou investigação sobre assassinato de Marielle

"O presidente interceptou provas de uma investigação de assassinato. É escandaloso. A ação de Jair configura obstrução de justiça e crime de responsabilidade", diz o deputado David Miranda (PSL-SP), que pretende iniciar já na segunda-feira uma articulação pelo impeachment de Jair Bolsonaro

Deputado federal David Miranda (PSOL-RJ)
Deputado federal David Miranda (PSOL-RJ) (Foto: Michel Jesus/Câmara dos Deputados)

Por David Miranda, em suas redes sociais – Hoje o presidente Jair Bolsonaro deu declarações gravíssimas à imprensa. Afirmou que interceptou os registros de acesso da portaria do condomínio onde morava, material de absoluto interesse das investigações sobre o assassinato de Marielle Franco. 

Isso mesmo, o presidente interceptou provas de uma investigação de assassinato. É escandaloso. A ação de Jair configura obstrução de justiça e crime de responsabilidade. 

O Brasil não pode se consolidar como o país dos absurdos, trata-se de um presidente da República violando provas de um assassinato. Essa semana em Brasília conversarei com líderes de todos os partidos e vamos iniciar uma ação contundente contra Bolsonaro.

Ao vivo na TV 247 Youtube 247