Deltan não entende decisão do STF e tenta forçar competência de Curitiba no caso Lula

Depois que o STF decidiu que o ex-presidente Lula jamais poderia ter sido julgado em Curitiba, deixando no ar a dúvida sobre Brasília ou São Paulo, Deltan Dallagnol vai ao Twitter e mostra que não entendeu nada

(Foto: ABr)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O procurador  Deltan Dallagnol foi ao Twitter neste domingo (18) forçar a competência da 13 Vara de Curitiba nas sentenças envolvendo o ex-presidente Lula, mesmo após o STF decidir, por 8 a 3, a incompetência da vara para analisar os processos do petista. 

“Se o STF tem 11 ministros e, dentre eles, na conta do jornalista, 5 entendem que a competência para o caso do ex-presidente Lula é de Curitiba e os demais se dividirem entre Brasília e São Paulo, em tese, pode ainda prevalecer a competência de Curitiba”, disse Dallagnol.

O ex-coordenador da Lava Jato levou uma invertida do advogado Augusto de Arruda Botelho: “Deltan, eu sou péssimo em fazer PowerPoint, do contrário faria um pra te explicar que 8 Ministros decidiram que NÃO é Curitiba”. 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email