Dilma ampliará "Minha Casa" para alcançar classe média

Objetivo é facilitar a compra da casa própria por jovens casais, principalmente em regiões metropolitanas; para isso, governo estuda aumentar as faixas de renda dos beneficiários do Minha Casa Minha Vida, o que elevará a presença do programa em grandes cidades do Sul e Sudeste; programa já contratou até agora 3,7 milhões de unidades habitacionais em todo o país

Objetivo é facilitar a compra da casa própria por jovens casais, principalmente em regiões metropolitanas; para isso, governo estuda aumentar as faixas de renda dos beneficiários do Minha Casa Minha Vida, o que elevará a presença do programa em grandes cidades do Sul e Sudeste; programa já contratou até agora 3,7 milhões de unidades habitacionais em todo o país
Objetivo é facilitar a compra da casa própria por jovens casais, principalmente em regiões metropolitanas; para isso, governo estuda aumentar as faixas de renda dos beneficiários do Minha Casa Minha Vida, o que elevará a presença do programa em grandes cidades do Sul e Sudeste; programa já contratou até agora 3,7 milhões de unidades habitacionais em todo o país (Foto: Valter Lima)

247 – A presidente Dilma Rousseff (PT) planeja ampliar o valor máximo do imóvel financiado (atualmente em R$ 190 mil) pelo programa "Minha Casa, Minha Vida", para alcançar a nova classe média. O objetivo agora é facilitar a compra da casa própria por jovens casais, principalmente em regiões metropolitanas. O programa, que dá desconto na compra de novas moradias, através do financiamento pelo Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal, já contratou 3,7 milhões de unidades habitacionais, sendo que 1,4 milhão já foram entregues.

A ideia nesta nova etapa do programa, uma das vitrines do governo Lula e também do governo Dilma, é aumentar as faixas de renda dos beneficiários, atualmente entre R$ 1,6 mil e R$ 5 mil, o que elevará a presença do programa em grandes cidades do Sul e Sudeste.

Com esta repaginada no "Minha Casa, Minha Vida", combinada ao programa de ensino técnico – o Pronatec – e ações que têm quase a totalidade da simpatia da maioria da população, como programa "Mais Médicos", a presidente espera reverter o quadro de insatisfação com o seu governo gerado pelos protestos de junho deste ano.

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247