Dilma cancela viagem por recomendação médica

Presidente cancela ida ao Paraguai; segundo mdicos, deciso foi tomada por cautela em decorrncia de pneumonia; mdicos falam que estado de sade no o mesmo

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Rodolfo Borges_247, de Brasília – A presidente Dilma Rousseff ainda não se recuperou totalmente da pneumonia que vem limitando suas agendas com autoridades do governo há duas semana. Desta vez, a presidente cancelou a viagem que faria ao Paraguai no domingo. De acordo com o porta-voz da Presidência, Rodrigo Baena, a visita foi adiada “por recomendação médica de cautela para que a presidenta, ainda que esteja quase que totalmente recuperada, não se exponha a uma viagem de seis horas”.

Dilma chegou a dizer que estava boa há uma semana, ressalvando apenas que estava “em fase de descanso”, mas acatou o conselho dos médicos e não dará pessoalmente ao presidente Fernando Lugo a notícia do aumento dos repasses brasileiros ao Paraguai pela energia produzida em Itaipu. Dilma será substituída na viagem pelo presidente do Senado, José Sarney, e pelo chanceler Antonio Patriota.

Contra as indicações dos médicos, que a aconselharam a tirar dias de folga, Dilma insistiu em trabalhar e cancelou poucas reuniões em decorrência da enfermidade. A presidente tem recebido os ministros no Palácio da Alvorada, a residência presidencial, em vez do Palácio do Planalto, para não se desgastar. A persistência da pneumonia reforça as preocupações com a doença da presidente.

Uma fonte ligada à equipe médica que trata da presidente Dilma Rousseff informou à Agência Estado na noite de hoje que a petista concluiu o tratamento contra a pneumonia nesta semana, mas que ainda está em recuperação. Por conta disso, foi recomendado à presidente que cancelasse a viagem que faria ao Paraguai, no próximo domingo, 15.

"Não há nada novo, ela está ótima", disse. "Mas se você tem uma pneumonia e fica de dez a quatorze dias tomando antibióticos, o estado de saúde não é o mesmo", explicou. Essa fonte ressaltou que a presidente Dilma não está mais em repouso, está cumprindo sua agenda de trabalho, mas que uma viagem de seis horas (ida e volta) de avião "não tem lógica" para quem terminou nesta semana o tratamento contra a pneumonia.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email