CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Poder

Dilma fala sobre 2014: “Meu mandato é de oito anos”

Presidente elimina dúvidas a respeito da corrida ao segundo mandato no momento em que se especula sobre a candidatura do ex-presidente Lula e sua volta ao poder; declaração de Dilma Rousseff foi dada a um interlocutor que recebeu no Palácio do Planalto

Dilma fala sobre 2014: “Meu mandato é de oito anos”
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 – Uma declaração dada a um interlocutor recebido no Palácio do Planalto revela a primeira reação da presidente Dilma Rousseff diante da dúvida sobre a candidatura do PT em 2014. "Meu mandato é de oito anos", disse ela, de acordo com reportagem do jornal Valor Econômico desta quinta-feira 24. A declaração reafirma o que declararam nesta semana vários líderes do PT durante evento com intelectuais latino-americanos no Instituto Lula, como o presidente da entidade e braço direito de Lula, Paulo Okamotto, que disse ao 247: "Nossa candidata é a Dilma".

As dúvidas, porém, são justificáveis. As participações políticas de Lula têm sido cada vez mais recorrentes seja em eventos, dentro ou fora do País – numa viagem recente à Europa, palestrou para o sindicato dos metalúrgicos da Alemanha e participou de um fórum econômico na França, este ao lado da presidente Dilma. No cenário político brasileiro, uma reunião com o afilhado político Fernando Haddad (PT), recém-empossado prefeito de São Paulo, deu o que falar na imprensa. O encontro foi visto pelos principais jornais como se Lula estivesse dando todas as orientações sobre a gestão do novato, mesmo não tendo oficialmente um cargo na política nacional.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

E a agenda para 2013 não para por aí: Lula estará em Cuba ainda neste mês e tem viagem marcada para a África em março. Sem contar o tour que fará no Nordeste, onde pode retomar as caravanas da cidadania. A participação intensa do ex-presidente na política reforça a tese das alas petistas que defendem a volta do ex-presidente ao poder em 2014. De acordo com a reportagem do Valor, o antecessor tem feito críticas frequentes ao atual governo, o que teria gerado atritos entre os dois. A verdade é que a declaração de Dilma, sempre vista como muito leal a Lula, gera espanto.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247,apoie por Pix,inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Carregando os comentários...
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Cortes 247

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO